Written by

Transformação Digital: vale sim a pena investir em tecnologia avançada

Slide, Software, Todos, UDS News| Views: 153

Certamente você já deve ter ouvido falar de Transformação Digital, é um conceito muito em voga atualmente e não está envolvido somente com pessoas que trabalham com TI… se você pensa/pensava dessa forma, atente-se!

 

A transformação digital é um processo no qual as empresas fazem uso da tecnologia para melhorar o desempenho, aumentar o alcance e garantir resultados melhores. É uma mudança estrutural nas empresas dando um papel essencial para a tecnologia.

 

 

A transformação digital nos mostra a todo o tempo que é preciso evoluir.

 

Não se trata de uma concepção para o futuro, e sim algo pelo qual as organizações de hoje têm de dar o máximo de atenção para continuarem passíveis de serem chamadas grandes concorrentes. Diz ser uma questão de mudança radical na estrutura das empresas, a partir da qual a tecnologia passa a ter um papel estratégico central, e não apenas uma presença superficial.

 

E para tanto, exige que abordagens tradicionais sejam deixadas de lado para que algo mais adequado ao ambiente empresarial e tecnológico atual surja. Isso pode envolver a troca de operações baseadas em papel e caneta por meios eletrônicos, a fim atrair clientes.

 

Apenas isso torna a transformação digital um desafio muito mais de gestão do que apenas de marketing ou tecnologia. Ela faz parte de um processo muito maior, que é chamado de progresso tecnológico e, de acordo com o blog Marketing de Conteúdo, são três as fases principais desse desenvolvimento, sendo a transformação digital a última.

 

 

Digitização: é o processo de transição de informação analógica para uma forma digital. O que isso quer dizer?

 

Que se trata da representação de sinais, sons, imagens e objetos no meio digital por meio de valores binário, ou seja, os dados são transformados em bits e armazenados em dispositivos eletrônicos.

 

Digitalização: é bem mais abrangente e  consiste nas mudanças reais realizadas nas organizações por meio da tecnologia.

 

Isso inclui alguns conceitos bem avançados, como Big Data, IoT, criptomoedas, etc. Um erro comum é acreditar que a digitalização significa usar mais TI, mas sabemos que envolve uma visão mais completa da tecnologia, a fim de causar mudanças.

 

Transformação Digital: “o efeito total e geral da digitalização na sociedade”

 

Com a digitalização em seu estado completo, novas oportunidades de mudança e evolução surgem para organizações de todo tipo. Dessa forma, podemos dizer que a digitização é a conversão, a digitalização é o processo e a transformação digital o efeito.

 

Ainda, de acordo com o livro “Transformação Digital: repensando o seu negócio para a Era Digital”, de David L. Rogers, especialista em estratégia digital, existem 5 domínios estratégicos em mudança nesse período que fazem com que possamos observar essas novidades mais de perto. Eles são os clientes, a competição, os dados, a inovação e o valor.

 

 

  • Cliente

 

 

Tomando como base a maneira antiga com que empresas eram dirigidas, os clientes eram somente telespectadores bombardeados por propagandas. Entretanto, na era digital, estamos avançando para um mundo mais dominado por essa rede. Os clientes agora se conectam e interagem com a marca dinamicamente. Eles estão o tempo todo se influenciando reciprocamente e construindo a reputação das empresas e marcas.

Com isso, precisamos parar de ver os consumidores apenas como alvos de vendas, as empresas precisam reconhecer que seus clientes podem ser influenciadores e parceiros de inovação em seu negócio.

 

 

  • Competição

 

 

Hoje estamos caminhando para um mundo de fronteiras mais fluidas em relação aos setores. Isto é, nossos maiores desafiadores podem ser concorrentes fora de nosso segmento e que ainda, oferecem valores parecidos.

A batalha é sobre uma disputa de influência entre empresas, com modelos de negócio muito diferentes, cada uma buscando sua alavancagem diante do consumidor final.

 

  • Dados

 

 

Hoje nos deparamos com uma grande quantidade de dados e a maioria deles estão se transformando em uma grande vertente para todas as unidades organizacionais e em ativos estratégicos a serem desenvolvidos e explorados ao longo do tempo.

Os dados são componentes fundamentais de como todas as empresas funcionam, se diferenciam nos mercados e geram novo valor.

 

 

  • Inovação

 

 

Tradicionalmente, a inovação era gerenciada com foco exclusivo no produto final.

As startups e empresas de tecnologia atuais possibilitam que a inovação seja encarada de maneira muito diferente, com base no aprendizado contínuo e por experimentação rápida.

 

 

  • Valor

 

 

Há um certo tempo, um negócio de sucesso era aquele que tinha uma proposta de valor clara, que estabelecia alguma diferenciação no mercado e que focava na execução e na entrega da melhor versão da mesma proposta de aos clientes. Já na era digital, confiar em proposta de valor imutável é regar os desafios e dar vantagem para concorrentes com propostas de valor mais atraentes.

 

Segundo uma pesquisa realizada pelo grupo Altimeter, empresas que estão adotando a transformação digital tiveram 4 benefícios em sua empresa:

  • 41% aumentaram o market share;
  • 37% aumentaram o engajamento do consumidor em canais digitais;
  • 30% aumentaram o faturamento do consumidor;
  • 32% viram um aumento no volume de tráfego na web/mobile.

 

 

 

Portanto, engana-se quem encara o fenômeno como algo restrito à TI. A digitalização de processos precisa fazer parte de praticamente todas as áreas da organização para se conseguir alcançar uma transformação digital completa. Não é apenas colocar a tecnologia como um meio de interação entre cliente e empresa, é colocar a tecnologia como um solucionador, capaz de realizar ações e trabalhar de modo praticamente autônomo.

 

Resumidamente, a transformação digital é um conceito complexo, que precisa partir do topo e se espalhar por todas as decisões estratégicas e processos da empresa. Deve estar atrelada a um plano estratégico consistente, em que o digital não é um fim, mas um meio de melhorar a produtividade, integrar, otimizar e agilizar a cadeia produtiva, simplificar processos e entregar mais valor ao cliente final, conseguindo trazer mais riqueza para a empresa.

Comments

comments

Inscreva-se na nossa Newsletter